Terça, 30 de Novembro de 2021
°

-

Dólar
R$ 5,61
Euro
R$ 6,32
Peso Arg.
R$ 0,06
Anúncio
Política Política

Comissão técnica da SADC trabalha em Moçambique

Combate ao terrorismo

19/04/2021 às 12h18
Por: Horacio mahumane Fonte: Jornal Notícias
Compartilhe:
Comissão técnica da SADC trabalha em Moçambique

UMA comissão técnica do órgão de Política, Defesa e Segurança da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) encontra-se no país, desde quinta-feira, para avaliar as necessidades e o tipo de apoio que se pode prestar para fazer face ao terrorismo que assola a província de Cabo Delgado.

A presença deste grupo em Moçambique foi confirmada por uma fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação (MINEC), que disse que a equipa já trabalhou com o Ministério da Defesa Nacional para a determinação dos próximos passos.

“O trabalho destes peritos será feito em estrita colaboração com o sector de Defesa Nacional, que está em melhores condições de apresentar a real situação que se vive em Cabo Delgado, para se determinar o apoio que se deve dar ao país”, disse a fonte.

A presença desta comissão em Moçambique é uma das deliberações da cimeira extraordinária da Dupla Troika da SADC que teve lugar em Maputo, entre os dias 8 e 9 deste mês.

A mesma deliberação determinou que este grupo de trabalho deverá elaborar e apresentar, na próxima sessão extraordinária da Dupla Troika da SADC, a realizar-se nos dias 28 e 29 de Abril, em Maputo, um relatório operacional que vai determinar os mecanismos de intervenção ou assistência que se pode prestar ao país para fazer face ao terrorismo.

“A comissão vai avaliar a dimensão da ameaça terrorista que o país enfrenta, de modo a determinar o tipo de apoio a ser prestado para erradicar o fenómeno que assola a província de Cabo Delgado desde 2017”, disse, na ocasião, a secretária executiva da SADC, Stergomena Tax.

A ideia é que os países da região possam ajudar Moçambique a erradicar o fenómeno do terrorismo, permitindo que a SADC contribua para a protecção dos seus cidadãos e o alcance dos objectivos colectivos nos diferentes domínios.

Stergomena Tax afirmou que, entre outras coisas, a cimeira manifestou solidariedade total com o Governo e o povo moçambicano, e reafirmou o compromisso da SADC em contribuir para os esforços em prol do alcance de uma paz e segurança duradoiras, bem como da reconciliação e desenvolvimento de Moçambique.

Para além da delegação moçambicana, chefiada pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, o evento contou com a participação dos estadistas do Botswana, Mokgweetsi Masisi; da África do Sul, Cyril Ramaphosa; do Zimbabwe, Emmerson Mnangagwa; do Malawi, Lazarus Chakwera; e do presidente do Governo Revolucionário de Zanzibar, Hussein Ali Mwinyi, em representação da estadista tanzaniana, Samia Suluhu, bem como da secretária-executiva da SADC, Stergomena Tax.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias