Quinta, 20 de Janeiro de 2022
°

-

Dólar
R$ 5,41
Euro
R$ 6,14
Peso Arg.
R$ 0,05
Saúde e bem-estar Covid-19

Moçambique detecta 17 casos da variante Ómicron do novo coronavírus

Moçambique detetou 17 casos de infeção pela variante Ómicron do novo coronavírus, anunciou o ministro da Saúde, sem avançar detalhes

14/12/2021 às 15h08
Por: Paulo Mahlalele Fonte: NM
Compartilhe:
web
web

"Ao todo, agora o país tem cerca de 17 casos de Ómicron", disse a jornalistas Armindo Tiago, sem avançar mais detalhes, à margem do lançamento da "caravana da vacina", na segunda-feira, em Maputo.

Em novembro, o ministro da Saúde anunciou que o país estava a investigar dois casos de covid-19 arquivados naquele mês suspeitos de infeção pela variante Ómicron, um com sintomas ligeiros e outro sem nenhum.

Armindo Tiago avançou que "todos [os casos] foram confirmados", o que leva Moçambique a constar da lista de países com casos confirmados da nova variante.

Para o governante, a disseminação da Ómicron "exige o reforço das medidas de prevenção", entre as quais a toma da vacina contra o novo coronavírus.

A "caravana da vacina", a passar por locais de maior concentração populacional na cidade de Maputo, numa fase piloto, é uma iniciativa que visa acelerar o processo de imunização contra a covid-19 em Moçambique.

Cerca de 4,6 milhões de moçambicanos já foram completamente vacinados contra a pandemia e pouco mais de 7,1 milhões de pessoas receberam a primeira dose do imunizante, segundo os últimos dados das autoridades de Saúde.

Moçambique tem um total acumulado de 1.945 óbitos e 153.787 casos positivos de covid-19, dos quais 149.964 recuperados da doença.

A covid-19 provocou pelo menos 5.304.397 mortes em todo o mundo, entre mais de 269 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

A variante Ómicron, classificada como "preocupante" pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, em 24 de novembro, foram notificadas infeções em pelo menos 57 países de todos os continentes, incluindo Portugal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias